AULAS DE GÊNESIS ATÉ CANTARES DE SALOMÃO POSTADAS ABAIXO

IV CIENTE AGORA NO CENTRO DE CONVENÇÕES HOTEL PRESIDENTE, INSCREVA-SE: 34-8855-6892

quinta-feira, 29 de abril de 2010

Como preparar uma aula


Objetivo: Levar o aluno ter a experiência dinâmica de lecionar uma aula.
Desenvolvimento: Em grupo, os alunos terão a oportunidade de praticar: dinamismo, retórica, homilética e etc.
Proposição: Treinamento de equipe para que um seja pelo grupo escolhido como o “professor” dos demais, sendo que esta escolha se dará pela avaliação do próprio grupo, que irá perceber quem esta preparada para o desafio.
Avaliação: Equipe, líder e apresentador/professor.

Metodologia:


Composição de uma aula
- Uma aula não é uma palestra.

- Uma palestra geralmente é um evento independente, onde o conteúdo é transmitido, numa única oportunidade, de modo a prover toda a compreensão possível ou desejável sobre um determinado tema.

- Uma aula geralmente não é um evento independente, e seu conteúdo abrange partes variáveis de um tema (curso), cuja compreensão final depende da conexão entre todas as aulas.

- Um mesmo tema pode ser desenvolvido tanto na forma de curso ou palestra, mas a profundidade de abordagem, as formas de comunicação, os modos de interação pessoal e, consequentemente, a compreensão e o aprendizado do tema podem ser totalmente diferentes.

Uma aula consiste de 4 componentes principais:
1°Conteúdo
2°Método/técnicas
3° Ambiente e
4° Tempo.

Organizando o conteúdo da aula
- Relação com o tema e o programa do curso.
- Estabelecendo os objetivos educacionais da aula (dependente do objetivo do curso).
- Pesquisa do material fonte: principal e acessório (Bíblia, literatura bíblica, literatura extra-bíblica).
- Leitura, estudo, compreensão: domínio do tema.
- Seleção do material a ser utilizado na aula.
- Elaboração de um plano de aula (introdução, desenvolvimento, conclusão, aplicação).

Escolhendo o método e as técnicas de ensino da aula
- Método é o conjunto de passos que começa na introdução do conteúdo e termina com a avaliação deste.
- Técnica é um recurso particular que o professor usa para realizar uma parte da aprendizagem a que o método se propõe.
- Algumas técnicas de ensino: preleção, seminário, simpósio, painel, mesa-redonda, oficina, discussão, debate, dramatização, estudo de caso, estudo dirigido, jogos.
- Escolha do recurso audiovisual mais adequado à aula (ver e ouvir garante uma aprendizagem mais eficiente).


- Os recursos audiovisuais se dividem em 5 grupos, que podem ser combinados numa mesma aula:
a) Voz e expressão corporal: o mais simples e que deveria estar presente em todas as aulas.
b) Seres e objetos: presença física real do que se estuda ou que auxilia a compreensão do conteúdo.
c) Material impresso: Bíblia, apostilas, revistas, livros, jornais.
d) Material para escrita ou desenho: lousa, quadro branco, flip chart (é um tipo de quadro, usado geralmente para exposições didáticas ou apresentações, em que fica preso um bloco de papéis. Deste modo, quando o quadro está cheio, o apresentador simplesmente vira a folha) e também cartazes.
e) Equipamentos eletro-eletrônicos: retroprojetor, projetor de slides, projetor multimídia, televisão, videocassete, DVD, microfone e amplificadores, computadores e softwares diversos.
- Critérios na escolha dos recursos audiovisuais: familiaridade, uso moderado, visibilidade, criatividade, honestidade (não maquiar um conteúdo fraco com recursos fortes!!).
- Exercício: Utilizando um software para apresentações (PowerPoint, Flash etc), crie uma tela (slide) que ilustre com textos e imagens.

Conhecendo o ambiente de uma aula
- Uma aula que conduz ao aprendizado também depende da percepção que o professor-facilitador tem do ambiente que o rodeia. Vários fatores podem interferir na qualidade de uma aula.
- Fatores físicos: temperatura, iluminação, acústica.
- Fatores estruturais: localização da sala, tamanho e forma da sala, tipo e distribuição dos assentos, localização das portas de acesso, localização das tomadas, condições dos equipamentos e instalações.
- Fatores humanos: número de alunos, idade do grupo, razão sexual, grau de relacionamento entre eles, nível de experiência e maturidade, necessidades de aprendizado, expectativas e motivações, capacidade crítica, atmosfera emocional da sala de aula.

Estabelecendo o tempo de uma aula
- O tempo é o limite inexorável de qualquer aula.
- Geralmente o tempo designado para uma aula não está no controle do professor-facilitador, mas é sua a responsabilidade de usar aquele tempo de aprendizado da melhor maneira possível.
- Considerar o tempo total da aula durante a elaboração do plano de aula.
- Determinar a duração de cada parte da aula.
- Estabelecer os períodos e a duração dos intervalos.
- Reconhecer variações de rendimento em função do período do dia em que a aula é dada (manhã, tarde, noite).
- Conduzir o ritmo da aula, permitindo a participação equilibrada dos alunos.
- Interferir prontamente sempre que necessário para reassumir o controle sobre a dinâmica temporal da aula.
- Elabore um plano para uma aula estabelecendo a duração de cada parte do conteúdo (introdução, desenvolvimento, conclusão, aplicação).
Indique o número máximo de slides que usaria e quais as referências bibliográficas consultadas.

Obs.: Mesmo todos os obstáculos da vida contemporânea, não podem ser maiores do que o prazer de ensinar sejam ousados e alcancem êxito neste trabalho.
Sintam-se inspirados nesta nova dinâmica de grupo lendo as seguintes frases:

"O professor medíocre conta. O bom professor explica. O professor superior demonstra. O grande professor inspira." (William Arthur Ward)
"Um professor afeta a eternidade; é impossível dizer até onde vai sua influência." (Henry Adams)
"Coisa horrível é pensar ser professor quem nunca foi discípulo." (Fernando de Rojas)
"Um professor que tenta ensinar, sem inspirar o aluno com o desejo de aprender, está martelando em ferro frio." (Horace Mann)
"Há três tipos de professores: os que só ensinam o que sabem; os que não ensinam o que sabem; os que pensam que sabem e ensinam errado o que não sabem." (Rio Nogueira)
"O verdadeiro professor defende os alunos contra sua própria influência de mestre." (Louisa May Alcott)
"O professor é aquele que faz duas idéias crescerem onde antes só crescia uma." (Elbert Green Hubbard)
"Um professor é aquele que se faz progressivamente desnecessário." (Thomas Carruthers)
"Um professor não educa indivíduos. Ele educa uma espécie." (George Lichtenberg)
"O paraninfo é o professor a quem incumbe a última lição e o amigo a quem cabe o primeiro conselho." (Oswaldo de Castro Aranha)
"Se eu não fosse imperador, desejaria ser professor. Não conheço missão maior e mais nobre que a de dirigir as inteligências jovens e preparar os homens do futuro." (D. Pedro II)
"Nem todo bom aluno é bom professor." (Santos Dumont)
"A tarefa essencial do professor é despertar a alegria de trabalhar e de conhecer." (Albert Eisntein)
"O professor pensa ensinar o que sabe, o que recolheu nos livros e da vida, mas o aluno aprende do professor não necessariamente o que o outro quer ensinar, mas aquilo que quer aprender." (Affonso Romano de Sant’Anna)
"Grande professor será aquele que realiza o que ensina." (Columbano)
"Os alunos comem o que os professores digerem." (Karl Kraus)
"Quem se faz professor de si mesmo torna-se aluno de um tolo." (São Bernardo)
"Ao emendar aquilo que precisa de correção, o bom professor não é rude." (Quintiliano)
"O professor não ensina, mas arranja modos de a própria criança descobrir. Cria situações-problemas." (Jean Piaget)
"A primeira fase do saber, é amar os nossos professores."(Erasmo de Rotterdam).

2 comentários:

  1. A paz do Senhor,
    Exelente esse post!
    Amo muito o ato de ensinar (ensino cristão)quem sabe um dia eu consiga ser um professor do IBADETRIM, enquanto isso vou treinando na EBD e no próprio IBADETRIM, muito obrigado pela oportunidade!

    ResponderExcluir
  2. Grato! espero que alcance suas metas Jeovanir.

    Um abraço Marcelo Marques

    ResponderExcluir

Seja um crítico, comente aqui sua opnião. Eu responderei assim que possível.

VIDEO AMADOR DE JERUSALÉM

Faço das minhas, as palavras dele.

Eu descobri em mim mesmo desejos os quais nada nesta terra podem satisfazer, a única explicação lógica é que eu fui feito para um outro mundo. C. S. Lewis

REFLEXÃO

Levar uma vida cristã significa ter os comportamentos aprovados pelo grupo religioso a que pertencemos?